-

  • Biblioteca Escolar - Escola Secundária de Vila Real de Santo António
  • terça-feira, julho 19, 2011

    quarta-feira, julho 13, 2011

    PNL

    Portugal foi considerado pela Comissão Europeia (CE) como um bom exemplo a nível de literacia entre os mais novos. O estudo "Ensinar a ler na Europa: Contextos, Políticas e Práticas", divulgado esta segunda-feira, aponta vários elogios a reformas portuguesas ligadas às competências de leitura. Países como a Alemanha, Letónia e Liechtenstein, também foram destacados.
    O Plano Nacional de Leitura foi uma das medidas apontadas no estudo, como um exemplo de melhorias assinaladas nas competências de leitura dos estudantes.
    Outra das políticas nacionais elogiadas no estudo foi o incentivo à leitura no ensino pré-escolar, sendo uma forma eficaz de incentivar as crianças a obter hábitos de leitura.

    "Em Portugal, as autoridades educativas do governo central compreenderam a importância das atividades da escola pré-primária no desenvolvimento das competências de leitura", destaca o estudo apresentado pela CE.
    Em Boas Norícias
    O estudo conclui ainda que na Europa cerca de 20% dos alunos com 15 anos apresentam dificuldades na compreensão da leitura, sendo necessárias várias medidas para melhorar estes dados.

    "É totalmente inaceitável que tantos jovens na Europa continuem a não ter capacidades básicas de leitura e escrita", afirma a Comissária Europeia para a educação, Androulla Vassilou.