-

  • Biblioteca Escolar - Escola Secundária de Vila Real de Santo António
  • sábado, março 22, 2008

    Sir Arthur C. Clarke


    Foi hoje a enterrar no Sri Lanka onde vivia, Sir Arthur C. Clarke, falecido no dia 19de insuficiência respiratória. Esta importante referência da literatura de ficção científica já terá certamente entrado em contacto com outros planetas como era seu desejo. Obrigada pela obra que nos deixou.

    sexta-feira, março 21, 2008

    Um poeta francês


    BARBARA

    Rappelle-toi Barbara
    N'oublie pas
    Cette pluie sage et heureuse
    Sur ton visage heureux
    Sur cette ville heureuse
    Cette pluie sur la mer
    Sur l'arsenal
    Sur le bateau d'Ouessant


    Oh Barbara
    Quelle connerie la guerre


    Qu'es-tu devenue maintenant
    Sous cette pluie de fer
    De feu d'acier de sang


    Et celui qui te serrait dans ses bras
    Amoureusement
    Est-il mort disparu ou bien encore vivant


    Oh Barbara
    Il pleut sans cesse sur Brest
    Comme il pleuvait avant
    Mais ce n'est plus pareil et tout est abîmé
    C'est une pluie de deuil terrible et désolée
    Ce n'est même plus l'orage
    De fer d'acier de sang


    Tout simplement des nuages
    Qui crèvent comme des chiens
    Des chiens qui disparaissent
    Au fil de l'eau sur Brest
    Et vont pourrir au loin
    Au loin très loin de Brest
    Dont il ne reste rien.


    Jacques Prévert

    Dia internacional da poesia





    Espanha
    (Antonio Machado)
    Anoche cuando dormía


    Anoche cuando dormía
    soñé, ¡bendita ilusión!,
    que una fontana fluía
    dentro de mi corazón.
    Di, ¿por qué acequia escondida,
    agua, vienes hasta mí,
    manantial de nueva vida
    de donde nunca bebí?
    Anoche cuando dormía
    soñé, ¡bendita ilusión!,
    que una colmena tenía
    dentro de mi corazón;
    y las doradas abejas
    iban fabricando en él,
    con las amarguras viejas
    blanca cera y dulce miel.
    Anoche cuando dormía
    soñé, ¡bendita ilusión!,
    que un ardiente sol lucía
    dentro de mi corazón.
    Era ardiente porque daba
    calores de rojo hogar,
    y era sol porque alumbraba
    y porque hacía llorar.
    Anoche cuando dormía
    soñé, ¡bendita ilusión!,
    que era Dios lo que tenía
    dentro de mi corazón


    England
    William Shakespeare - Sonnet #18
    Shall I compare thee to a Summer's day?
    Thou art more lovely and more temperate:
    Rough winds do shake the darling buds of May,
    And Summer's lease hath all too short a date:
    Sometime too hot the eye of heaven shines,
    And oft' is his gold complexion dimm'd;
    And every fair from fair sometime declines,
    By chance or nature's changing course untrimm'd:
    But thy eternal Summer shall not fade
    Nor lose possession of that fair thou owest;
    Nor shall Death brag thou wanderest in his shade,
    When in eternal lines to time thou growest:

    So long as men can breathe, or eyes can see,
    So long lives this, and this gives life to thee




    Deutschland

    Nähe des Geliebten

    Johann Wolfgang von Goethe
    Ich denke dein,
    wenn mir der Sonne schimmer
    Vom Meere strahlt;
    Ich denke dein,
    wenn sich des Mondes Flimmer
    In Quellen malt.

    Ich sehe dich,
    wenn auf dem fernen Wege
    Der Staub sich hebt,
    In tiefer Nacht,
    wenn auf dem schmalen Stege
    Der Wandrer bebt.

    Ich höre dich,
    wenn dort mit dumpfem Rauschen
    Die Welle steigt.
    Im stillen Haine geh' ich oft zu lauschen,
    Wenn alles schweigt.

    Ich bin bei dir,
    du seist auch noch so ferne,
    Du bist mir nah!
    Die Sonne sinkt,
    bald leuchten mir die Sterne.
    O wärst du da!

    J.W. von Goethe



    Portugal
    Verdes são os campos

    Verdes são os campos,
    De cor de limão:
    Assim são os olhos
    Do meu coração.

    Campo, que te estendes
    Com verdura bela;
    Ovelhas, que nela
    Vosso pasto tendes,
    De ervas vos mantendes
    Que traz o Verão,
    E eu das lembranças
    Do meu coração.

    Gados que pasceis
    Com contentamento,
    Vosso mantimento
    Não no entendereis;
    Isso que comeis
    Não são ervas, não:
    São graças dos olhos
    Do meu coração.

    Luís de Camões

    quinta-feira, março 20, 2008

    ABRIR AS PORTAS ÀS ARTES

    A Nossa História «criada» pelos alunos de Artes, 12º D, em exposição no Centro de Estudos. Os trabalhos acompanharam algumas sessões da Semana da Leitura ali apresentadas.

    Viriato
    D. Afonso Henriques
    Dom Henrique
    D. Sebastião
    O Mostrengo
    Mar Português - Fernando Pessoa
    Vergílio Ferreira
    Saturno

    Páscoa Feliz


    Deseja-vos toda a equipa da biblioteca

    terça-feira, março 18, 2008

    O que ela anda a ler!


    Livro comprado ao acaso no turbilhão das compras de Natal. O principal motivo da compra deste livro foi o seu título A Eternidade e o Desejo. Talvez o leitor desprevenido pense encontrar uma escrita leve, mas, de repente, vê-se envolvido num emaranhado de narradores que entrecruzam o discurso. A personagem principal, Clara, cega por acidente, parte para São Salvador da Baía na senda de Padre António Vieira. Entre percursos e novos conhecimentos, Clara revive a lembrança de um amor antigo. Serão os textos de Vieira uma resposta às suas inquietações ou apenas um pretexto para se deixar levar por alguns valores, princípios, sentimentos, que parecem adormecidos no ser humano? O livro seduz e deixa vontade saber o que irá acontecer a Clara, uma vez que o final fica em aberto, ou tão simplesmente transformarmo-nos na Clara do final do livro….

    Cabe a cada leitor descobrir….

    Zélia Ribeiro

    terça-feira, março 11, 2008

    GAVINHOS

    Na espera
    do sorriso aberto.
    Com a memória
    da palavra certa e terna.

    Um abraço.

    AS LETRAS VISTAS E OUVIDAS DO AR



    As actividades da Semana da Leitura realizadas no Centro de Estudos tiveram um espectador privilegiado.
    (D. Sebastião)

    CORPO E ALMA DE INÊS DE CASTRO


    Ainda no dia 7, durante a manhã no Centro de Estudos, duas alunas do 9º A apresentaram uma pequena coreografia a partir do Mito de Inês de Castro.

    UM JANTAR AO MEIO DIA

    Ementa apropriada para as exigências da Noite.

    Comida requintada. Bem regada.

    Convidados ilustres.
    Assistência bem instalada e rendida aos encantos do Jantar.

    No dia 7, pela manhã, no Centro de Estudos, alguns alunos das turmas A e B, 12º ano, recriaram o Episódio do Jantar do Hotel Central, de Os Maias.

    O livrosietc aguarda a gravação dos diálogos nocturnos para futura publicação.

    MIGUEL TORGA VISITA OS PROFESSORES



    No dia 6, pela manhã, Miguel Torga, acompanhado por jornalistas dos principais canais de televisão do país, fez uma visita aos professores da nossa Escola. No seu habitual ar sério, marcado pela memória das terras e das fragas, o escritor revisitou o seu percurso literário não dando mostras de cansaço das Comemorações do Centenário do seu Nascimento.

    (Na foto: alguns alunos do 9º A)

    SEMANA DA LEITURA

    Decorreu na nossa Escola, entre 3 e 7 de Março, a Semana da Leitura, integrada no Plano Nacional de Leitura. A organização deste actividade esteve a cargo do Departamento de Românicas. O livrosietc captou alguns desses momentos. Agradecemos, desde já, a disponibilidade dos alunos envolvidos em ceder a imagem para efeitos de publicação no blog.

    segunda-feira, março 10, 2008

    Tatiana e Elaine



    Gostamos de ler!
    Estamos a escrever para o blog para escola.
    Somos a Elaine e a Tatiana do 12º, costumamos ler assiduamente.
    Já não nos lembramos do primeiro livro que lemos, mas os que mais gostámos foi, a Elaine – "Um momento inesquecível", de Nicholas Sparks, a Tatiana – "Veronika decide morrer", de Paulo Coelho.
    O primeiro fala sobre um amor impossível, entre uma rapariga pobre e um rapaz de família tradicional. No fim quando conseguem ficar juntos, ela morre, um desfecho trágico como Sparks gosta.
    E o segundo fala sobre uma jovem comum, como tantas outras que do dia para a noite se decide suicidar, fá-lo e acorda num hospício, lá ela aprende que ainda pode gostar de viver (tendo uma esperança de vida de uma semana).
    Aqui deixamos a nossa colaboração no blog da escola.
    Estudem pouco e LEIAM MUITO!!!!!!!!!

    quinta-feira, março 06, 2008

    LEMBRETE

    Continua a decorrer até ao dia 4 de Abril o concurso literário Luthgarda Guimarães de Caires.
    Não deixes de entregar os teus trabalhos na nossa Biblioteca.

    MARIA GABRIELA LLANSOL: 1931-2008

    "Morreu a Llansol, provavelmente a maior prosadora portuguesa do século XX..."
    (foto roubada daqui)

    NOVA BIBLIOTECA VIRTUAL

    Acabou de nascer.
    É um Projecto de uma Biblioteca on-line de Filosofia em Português que ainda está dar os primeiros passos. Dentro da área da Filosofia em português, e no espírito que ali se enuncia, este Sítio está aberto à colaboração e à participação de quem o desejar. Para mais informações seguir o caminho http://www.lusosofia.net

    terça-feira, março 04, 2008

    Novidades



    Estas são as novidades que podem encontrar nas estantes da nossa biblioteca.
    Boa leitura nesta semana (e em todas as outras.)