-

  • Biblioteca Escolar - Escola Secundária de Vila Real de Santo António
  • quinta-feira, dezembro 18, 2008

    Mais marcadores



    Faltavam estes:

    Marcadores vencedores




    Agora publicamos o nome dos autores e as respectivas obras.
    Parabéns!

    BOAS FESTAS





    A equipa da Biblioteca deseja a toda a comunidade escolar e aos nossos leitores umas Boas Festas.

    Presépio elaborado pelas alunas e aluno do Curso EFA, Técnico de Acção Educativa - Ana Paula, Cláudia, Cristina, João, Marilda, Paula, Patrícia e Rita

    quarta-feira, novembro 26, 2008

    FEIRA DO LIVRO - até 5 de Dezembro



    Não deixem de passar na nossa Biblioteca para ver e comprar.
    Todos os livros têm um desconto, 10%, pequenino mas bem intencionado e há colecções com oferta de um livro na compra de 2. Há livros para todos os gostos e com especial destaque para os que integram a lista do Plano Nacional de Leitura.
    Apareçam. Até dia 5 de Dezembro (talvez se prolongue por causa do feriado)

    sexta-feira, novembro 14, 2008

    O QUE ELE ANDA A LER

    Acerca do que ando a ler…

    Estou a ler o livro “Que diria Sócrates? – Os filósofos respondem às suas perguntas sobre o amor, o nada e tudo o resto”, de Alexander George, da Gradiva; um livro que me faz pensar e que apresenta muitas respostas a diversas questões existenciais de cariz filosófico. Um percurso desde as questões banais até às mais arquitectadas intelectualmente. Acerca do que é certo e errado, mergulhando nos meandros da linguagem, amor, verdade, Deus, arte, sexo, morte e tanto mais. Questões intrigantes… questões de pendor socrático onde se discute e convida à reflexão. Um livro estimulante que orienta o pensamento, clarificando e fazendo valer o uso da razão. E como diria Sócrates, “Uma vida não examinada não merece ser vivida”.

    Jorge Ferro Rosa
    Professor

    segunda-feira, novembro 10, 2008

    O QUE ELA ANDA A LER

    Gostei muito de ler o livro "A Cidade dos Deuses Selvagens" de Isabel Allende. Quem gosta de aventura e tem curiosidade sobre outras culturas vai gostar deste livro. É uma viagem muito emocionante.

    Esta história alerta-nos para os problemas ecológicos e para a extinção das tribos índas da região do Amazonas. Desperta-nos para o valor que têm as pequenas coisas do dia-a-dia, e que só vemos a sua real importância quando ficamos sem elas.

    Maria José Nunes,
    Auxiliar de Acção Educativa - Biblioteca

    quinta-feira, novembro 06, 2008

    Michael Crichton (1942-2008)



    Morreu Michael Crichton escritor, realizador, produtor de televisão e também médico. Foi o autor do livro O Parque Jurássico de 1990, adaptado ao cinema e realizado por Steven Spielberg. Da sua obra destacam-se ainda A Ameaça de Andrómeda, Congo e Esfera

    quarta-feira, novembro 05, 2008

    Drácula e Vampiros


    Novembro é mês de bruxas, fantasmas, vampiros e do Conde Drácula. Depois do sucesso do Hallowe'en da nossa escola vale a pena dar uma olhadela ao artigo de José Guardado, na Revista LER deste mês que fala dos últimos livros publicados em Portugal sobre este tema. Diz ele: «John Polidor escreveu em 1816 o primeiro relato onde o vampirismo recebe um tratamento não popular, conjugando os elementos que se tornariam o canône que teve em Drácula de Bram Stocker, publicado em 1897, o seu ponto mais alto.» (Devo dizer que li o livro pela primeira vez em 1971 e que, antes de adormecer o escondia debaixo da cama, com um certo receio...» Este mesmo mês são publicados em Portugal três livros sobre o tema: Por Favor, Morda-me o Pescoço, uma antologia de contos (Bico de Pena); Histórias de Vampiros (Relógio de Água) e ainda A História Secreta de Lord Byron de Tom Holland (Planeta). Fantástico para quem gosta de terror gótico...

    BIBLIOTECA VIVA - III



    domingo, novembro 02, 2008

    A Vida num Sopro


    «Salazar acaba de ascender ao poder. Portugal muda de vida. Beatriz Costa anima o Parque Mayer, a PVDE cala a oposição.»
    Luis conhece Amélia no liceu de Bragança, logo se apaixona por ela e é correspondido. Mas nestes tempos difíceis as mães das namoradas metiam medo pois podiam levá-las para longe e obrigá-las a casar com outro homem.
    No enquadramento do Portugal do Estado Novo e da Guerra de Espanha, o casal debate-se entre o amor e o que é correcto para a época.
    José Rodrigues dos Santos inspirou-se nas histórias da sua família e ofereceu-nos o seu melhor romance

    sexta-feira, outubro 31, 2008

    PARA TER MEDO!


    Decoração alusiva ao dia feita pelos alunos na disciplina de Inglês. É só seguir os sinais.

    quarta-feira, outubro 29, 2008

    BIBLIOTECA VIVA - II



    Os direitos do leitor.
    Adaptação a partir de Daniel Pennac

    BIBLIOTECA VIVA - I


    "O Rei vai nu"... mas pouco
    Os livros deixaram o aconchego das estantes e deles saltaram histórias.
    No Dia Internacional das Bibliotecas, Hans C. Andersen é re-lido e re-escrito.



    Mais tarde daremos conta da reinterpretação do final do conto "O Rei vai Nu" e dos reis vistos pelos olhos dos alunos da turma B, 7º ano.

    quinta-feira, outubro 09, 2008

    NOBEL 2008


    J. M. G. Le Clézio, francês, considerado, em 1994, num inquérito realizado pela revista "Lire", o "maior escritor vivo de língua francesa".

    Estas são algumas das obras traduzidas em Portugal.


    E esta ainda por traduzir, lançada recentemente em França.

    quarta-feira, outubro 08, 2008

    TERTÚLIA NA CIDADE


    AMANHÃ, no Centro Cultural António Aleixo, 18h, vão estar os escritores Carlos Brito e Mário Zambujal.

    Mais uma página será acrescentada à iniciativa Vila Real de Santo António nas Páginas dos Livros. Com isto pretende-se criar e editar uma obra original sobre o concelho.
    Depois da tertúlia haverá sessão de autógrafos.

    terça-feira, setembro 30, 2008

    VER AS LETRAS

    A Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, expõe a partir de amanhã uma teia de textos e autores portugueses, sob a designação WeltLiteratur, Madrid, Paris, Berlim, S. Pertersburgo, o Mundo!

    "Camões (o épico), Pessoa ( escritor, esotérico, a relação com o Estado), Mário de Sá-Carneiro (o espelho inverso em carmesim), Almada (virtuoso), Pascoes (a "audácia especulativa") desfilam neste corredor branco de 11 salas que "fazem um círculo e saem por um funil inverso." Juntam-se-lhe Cesariny (confrontando-se com Pessoa) , Pessanha (as cartas que registam o pedido de casamento a Ana de Castro Osório e a sua recusa), Judite Teixeira (autora de Decadência, apreendido) e Nemésio, entre outros."

    "Weltliteratur é uma espécie de cartografia labiríntica (não cronológica) cujo nome parte de um termo usado por Goethe numa altura em que a Alemanha era uma confederação de pequenos estados. De acordo com António M. Feijó, o autor de Fausto "via a literatura como algo que transcendia essa pulverização medíocre". A referência cosmopolita trespassa a exposição que agrega no subtítulo um verso de Cesário: "Berlim, Madrid, Paris, São Petersburgo, o Mundo." Portugal fica entre o "paroquial e o cosmopolita", nas palavras de António M. Feijó."
    Diário de Notícias, 30.09.2008
    Texto do cartaz:
    "Snr Pessoa Precisei de sair, está o jantar prompto é só sentar à mesa, tirar do lume e comêr. Adelaide."

    A exposição estará aberta ao público desde o dia 01.10.2008 até 04.01.2009, de Terça a Domino, das 10:00 às 18:00.

    sexta-feira, setembro 19, 2008

    DA VIDA E DA MEMÓRIA

    Ao nosso muito Querido Gavinhos
    a gratidão da partilha da vida.

    segunda-feira, julho 21, 2008

    "AS IDADES DO PENSAR"

    "Aos 10 anos todos nos dizem que somos espertos, mas que nos faltam ideias próprias. Aos 20 anos dizem que somos muito espertos, mas que não venhamos com ideias. Aos 30 anos pensamos que mais ninguém tem ideias. Aos 40 anos achamos que as ideias dos outrso são todas nossas. Aos 50 pensamos com suficiente sabedoria para já não ter ideias. Aos 60 ainda temos ideias mas esquecemos do que estávamos a pensar. Aos 70 só pensar já nos faz dormir. Aos 80 só pensamos quando dormimos"

    (Fala de Bartolomeu Sozinho, personagem de Venenos de Deus, Remédios do Diabo, de Mia Couto, Editorial Caminho)

    MEMÓRIA DAS LETRAS

    Abriu em Faro um espaço para livros. Tenho alguma dificuldade em chamar-lhe livraria porque não é só isso. Tem livros. Não muitos, que a escolha quer-se criteriosa. Para além das novidades, podemos encontrar obras que nas livrarias "tradicionais" desaparecem ao fim de pouco tempo, tanto no campo da literatura como noutros domínios (ciência, filosofia, sociologia).

    O espaço é muito e agradável. Para além da zona dos livros há a zona de exposições e tem um jardim com sofás, mesas e livros e uma figueira. Carregadinha. À espera da colheita.

    O Pátio das Letras + Espaço Memória situa-se na rua Cândido Guerreiro, nº 26-30, é a casa amarela. Fica entre o Mercado Municipal e a avenida 5 de Outubro. Talvez assim seja mais fácil. Não deixem de ir lá. Vale a pena conhecer um espaço onde ainda se respira e vê livros a sério.

    sexta-feira, julho 18, 2008

    REVISTA SULSCRITO - CC ANTÓNIO ALEIXO

    Decorre amanhã, 19 de Julho, a apresentação da revista Sulscrito no Centro Cultural António Aleixo, pelas 18:00, bem como uma tertúlia com alguns escritores.
    Para mais informações ir aqui.

    quinta-feira, julho 17, 2008

    Fundação Aga Khan e PNL



    Com duração de três anos rede Aga Khan assina com o Governo protocolo de apoio ao Plano Nacional de Leitura

    A Rede Aga Khan para o Desenvolvimento, que agrega sete agências de diferentes áreas, assinou hoje com o Governo português um protocolo de apoio ao Plano Nacional de Leitura que tem a duração de três anos. Segundo o protocolo, a Rede Aga Khan apoiará 300 escolas do ensino infantil e pré-escolar através da compra para as respectivas bibliotecas de livros no valor de 150 mil euros. Este protocolo é válido nos mesmos termos para 2009 e 2010.

    Fonte da fundação Aga Khan, uma das sete agências que integram a Rede, afirmou que estes apoios não têm qualquer carácter confessional e visam apenas apoiar a primeira infância, o que tem sido uma das preocupações do príncipe Aga Khan, que celebra este ano o seu jubileu de ouro. A mesma fonte salientou o trabalho que tem sido feito nos bairros lisboetas da Ameixoeira e Alta de Lisboa e em Mira Sintra no âmbito do programa de desenvolvimento comunitário "Kcidade".

    O ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, presente na cerimónia, salientou o "simbolismo" desta parceria com a Fundação Aga Khan e afirmou que, "quanto mais fundações e associações se unirem, mais arrastam outras". Segundo o ministro, "um milhão de crianças beneficia da intensificação de actividades ligadas ao Plano Nacional de Leitura".

    Nazim Ahmad, em representação da Fundação Aga Khan, com a qual foi firmado o protocolo apontou a educação como uma das prioridades da Rede, que funciona em 30 países e na qual trabalham 60.000 pessoas. Ahmad sublinhou que "a primeira palavra de Deus ao profeta Maomé foi 'lê', que tem o símbolo 'iqra' patente nos logótipos de quatro das sete agências" da Rede criada pelo Príncipe Karim Aga Khan. "A promoção da literacia e do intelecto é um dos aspectos centrais da tradição de fé Muçulmana", disse.

    Na assinatura do protocolo estiveram também presentes o ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro, o secretário de Estado adjunto da Educação, Jorge Pedreira, e a coordenadora do Plano Nacional de Leitura, Isabel Alçada.

    quarta-feira, julho 16, 2008

    Livros de papel na net


    O objectivo do SHELFARI é ler livros e explorá-los Podes construir uma prateleira virtual de livros, socializar com outros leitores e participar em debates. O único risco é viciares-te. Procura em www.shelfari.com

    segunda-feira, julho 14, 2008

    MICRO-FICÇÃO OU A BELEZA DA BREVIDADE

    Não deixar de ler Efeito Borboleta e outras histórias de José Mário Silva. Curtas e muito curtas (cada conto ocupa cerca de página e meia), estas histórias tratam de muita coisa: sonhos, vinganças, traições, amores felizes e funestos, brincadeiras (síntese retirada da badana da capa)... e o resto é para descobrir.


    Deixo aqui algumas sugestões:
    "38 MINIATURAS

    Fósforos
    Dentro de cada caixa de fósforos, dezenas de incêndios adormecidos.

    Enxoval
    Para o seu casamento levou tudo o que era suposto (excepto a paixão).

    Fatalidade
    O rosto que mereces está sempre noutro espelho.

    Crise de Identidade
    Andava tão confuso que criou um heterónimo chamado Fernando Pessoa."

    O MELHOR BOOKER PRIZE DE SEMPRE

    Nas comemorações dos 40 anos do prestigiado prémio literário, o Booker, o livro Os Filhos da Meia-Noite de Salman Rushdie ganhou o Booker Prize de sempre. Este livro já tinha ganho o Booker de 1981 e o Booker de sempre aquando do 25 anos do prémio.

    Não deve ser fácil encontrar o livro nas nossas livrarias, numa pesquisa que fiz pela net obtive esgotado como referência. A belíssima capa pertence à editora Dom Quixote.